O LEGADO DE ABRIL NA HISTÓRIA DE UM PORTUGAL DEMOCRÁTICO

Vasco Lourenço e Alfredo Barroso - Num jantar que contou com mais de uma centena de pessoas, Vasco Lourenço e Alfredo Barroso partiram as suas memórias e evocaram os valores de Abril e o legado da "Revolução dos Cravos" na história de um Portugal democrático.

JOSÉ LUÍS JUDAS NO JANTAR DO CLUBE A LINHA

O Clube A Linha contou com a presença de José Luís Judas onde foi especificamente abordado o processo de concepção e execução da estratégia e do projecto que conduziu à vitória do Partido Socialista nas eleições autárquicas em Cascais, com o slogan "mudança tranquila".

VÍTOR RAMALHO NO CLUBE A LINHA

Vítor Ramalho, Presidente da Federação de Setúbal do PS, recordou a matriz genética do partido Socialista, debruçando-se especificamente sobre os desafios autárquicos com que o PS se vê confrontado no Distrito de Setúbal, apresentando a estratégia política seguida nas últimas eleições autárquicas, bem como o caminho que se está a trilhar naquele distrito.

OS DESAFIOS DO CRESCIMENTO ECONÓMICO

Vieira da Silva e Pedro Marques - Cascais acolheu José António Vieira da Silva e Pedro Marques para mais um debate promovido pelo Clube A Linha, onde os convidados partilharam com o auditório, a sua visão sobre os desafios que Portugal enfrenta em matéria de crescimento económico.

OS DESAFIOS AUTÁRQUICOS DE 2013: CONTRIBUTOS PARA A ACÇÃO POLÍTICA

José Junqueiro - Perante um auditório lotado, José Junqueiro sublinhou a importância das próximas eleições autárquicas para o Partido Socialista, onde se irão sentir pela primeira vez os efeitos da limitação de mandatos.

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Convite Seminário - Fernando Montenegro (ISCSP)


2 comentários:

Anónimo disse...

Caros amigos,

É claro que importa fazer a "reflexão política" que temos vindo a desenvolver (e, em boa verdade, temos tanta pela frente...), mas importa igualmente levá-la a ambientes por vezes mais institucionais, como a Universidade (em sentido lato), onde a aguardam jovens estudantes sedentos de exemplos de vida inspiradores. Numa altura em que "pensadores" e "academia" nem sempre são realidades justapostas, congratulo-me com esta incursão do Fernanado Montenegro no ISCSP/UTL, fazendo jus à necessidade de ir ao encontro das pessoas, sobretudo dos jovens universitários, para lhes dar testemunho de realidades políticas, sociológicas e mesmo pessoais que só quem está no "terreno" das organizações pode dar a conhecer.
As minhas calorosas felicitações ao Fernando Montenegro..., mas terá sido a Universidade que ficou a ganhar!

Eurico Rodrigues, membro fundador do Clube A Linha

Luísa disse...

Como licenciada em Política Social, é bom saber que um cidadão com capacidade de acção, acredita e afirma que um dos objectivos do seu percurso profissional é ser politólogo social.